sábado, 23 de abril de 2011

Setenta e cinco

E então ela apareceu.
No metrô...
Eu fingi que não vi e saí correndo.
Não queria enfrentar nada.
Sabia que pessoalmente não conseguiria resistir.

Mas ela veio atrás de mim.
Eu estava brava, mas estava principalmente ferida.
Escondi o tremor das minhas mãos agarrando as apostilas.

Mas foi difícil.
Difícil vê-la mal assim.
Difícil acreditar que tudo vai ser diferente assim, do nada.
Sei que a intenção é boa, maravilhosa.
Mas já  tivemos momentos assim outras vezes e bastou uma, duas, três semanas para tudo ficar igual.

Não que a culpa seja dela, apenas.
Sei que não sou fácil de conviver.
Sou geniosa, teimosa, possessiva, controladora e ciumenta.Muito ciumenta.
(e outras coisas, mas né?Prá que ficar o post todo queimando meu filme)

Ela também não me trata como deveria, e fico feliz que saiba disso.
Mas o que nos levou a este rompimento foi outra coisa...Foi meu ciumes.
E isso não posso consertar.
:(
Não posso prometer.


E(sei lá se esse é o pensamento certo, tá?É como EU penso) acredito que para me decepcionar, para decepcionar ela daqui há um mês ou dói, é melhor tocar a vida desde já...
Pq estou FARTA de decepcionar e ser decepcionada.

Sei que parece covardia.
E no geral não sou covarde não.
Apóio sempre os mergulhos de cabeça.

Mas...Cansa.A gente tem que raciocinar também, especialmente depois que as coisas dão errado uma, duas, 20 vezes, PELOS MESMOS MOTIVOS.

Quero muito acreditar nisso tudo.
Acreditar que ela vai mesmo fazer diferente, ser tudo aquilo que mostrou naqueles dois dias.
Que eu vou fazer diferente.
Mas ainda estou bem apreensiva.
Pq, como disse, foram muitas e muitas vezes, todas muito semelhantes.

Mas senti falta dela este tempo todo...
Apesar de tudo, de toda a confusão na minha cabeça (espero que isso se resolva de algum modo ).

Nem sempre nestes vários dias foi fácil não atender os telefonemas dela, não ler suas mensagens e seus emails.
Acho que se ela não tivesse aparecido lá...A gente ficaria muito e muito tempo sem se ver.

Eu sou muito confusa para tomar as decisões, mas quando uso a cabeça e percebo qual é a solução, vou até o fim.
Este era um caso assim.
O tempo só estava servindo para me mostrar claramente as coisas que estavam erradas, do meu lado e do lado dela.
Como deveria ser tratada em alguns aspectos...
E a confusão (chamaremos assim) só tomando mais e mais espaço.
Sarna para se coçar.

Mas não cabia a mim procurá-la.
Pq não podia prometer nada, e não podia fazê-la prometer!

Daí ela me procura prometendo a lua e o sol e eu faço o que?
Duvido.

Sempre tenho uns momentos de crise.

Mas logo passou e deixei a coisa andar por si só.
Logo resolvi deixar ela me mostrar as coisas que tem para me dar.
Todo o carinho que guardou só para mim todos estes dias.

Espero MUITO que tudo dê certo.
Cansada, cansada, cansada...
Queria ter paz UMA vez na vida.
Nunca tive tranquilidade em nenhum aspecto.
Nunca tive tranquilidade financeira, profissional, amorosa.

Enfim.
Tá na hora, porra.
28 anos!
Tá na hora de ter uns relacionamentos mais adultos, mais calmos...Andar em direção a meus sonhos, ter mais foco.

Vou deixar o último trecho da carta que ela me deu...
(espero que não ache ruim)

"Só queria te pedir desculpas,por tudo, e dizer que se houvesse alguma possibilidade de você me dar uma pequena chance, eu agarraria com toda a minha força,e não deixaria escapar de forma alguma.Qquer chance pequena."

A chance eu já dei...

Te amo muito também!
Você tb é o que tenho de bom nesta vida.
Não vou para lugar nenhum, se você me fizer ficar.

; )

5 comentários:

disse...

Este todo é para você, amor...
Espero que goste, escrevi com o coração...

disse...

Este cantinho ficou tãããããão docinho.
Alguém pode elogiar, fazfavor? hunf

Van disse...

Ontem enquanto te esperava meu coração batia tao rapido, tava tao ansiosa, fiquei mais de 1hr por ali... Nao sabia como ia reagir, mas decidi arriscar, nada importava mais...
E cade as palvras? tava tremendo tanto, querendo chorar... e nada saia rs... a minha cabeça falando "fala alguma coisa, se nao ela vai embora" rs...
amor, eu sei q amo mto vc, queria te prometer o infinito, prometer q td vai dar certo... mas sei q s depender de mim, do meu amor, vc vai ser a menina mais amada..
TE AMO!!!
e esse blog tah um luxo!!!!!!!!

disse...

Vc viu a cotovelada que dei na cerca?
hahaha.Péssimo.
Eu estava péssima tb, era tudo pose!
Tinha chorado no caminho, até.
Mas é engraçado como eu tinha CERTEZA de q ia te ver lá.
CERTEZA.
De verdade.

van disse...

transmissão de pensamento... mto amor!!!!!!!!!