sexta-feira, 22 de abril de 2011

Setenta e três

Os dias passavam rápido...

De repente reduziram a velocidade.

Pensando em como será tudo.
Novamente o caos.
Sempre o caos.

Um passo para trás.
Ou será o contrário?

Só sei que ás vezes é difícil segurar.
Mas um dia de cada vez.


______________________



Pq não foi diferente?
Pq ela sempre fez questão de deixar este buraco aqui dentro?
Com certeza deixei um buraco ali também...
Mas só posso falar de mim.

Não quero mais tudo como antes.
E não sei mais como acreditar que pode ser diferente.




Buraco, buraco, buraco...
Buraco taí para ser preenchido.


:(

2 comentários:

Anônimo disse...

Mais uma vez usarei de Caio Fernando Abreu:

"Vai passar, tu sabes que vai passar. Talvez não amanhã, mas dentro de uma semana, um mês ou dois, quem sabe? "

lalá

disse...

Caio Fernando Abreu e suas citações...Sempre uma adequada para cada situação. Gosto muito. Preciso conhecer mais!