sexta-feira, 29 de julho de 2011

Cento e vinte e três


Apenas notas...
Como nos velhos tempos...

(Musiquinha de túnel do tempo)

E daí que faço terapia.
E estou achando deveras interessante.
E estou arreganhada aberta para as ideias que ela tem para propor...Passo boas horas da semana pensando nas coisas que dissemos e estou achando um barato poder tirar um pouco da poeira da minha vida, deixar o "Sou assim mesmo" de lado e entender que posso mudar.
(Sempre soube, mas daí a realizar...)
Na verdade a terapia não é só minha, mas é legal individualmente também.
Só estou chateadinha (BEM INHA) com algumas atitudes da minha cônjuge em relação a isso...
Mas tudo bem, tudo no seu devido tempo...
A gente vai se ajeitar.
Tudo o que temos que fazer é respirarrrrrrrrrrrrrrrr quando o momento for ruim.
Tipo AA...Um dia de cada vez.
Daí quando fico louca do cú penso: "Tá, se não melhorar amanhã desisto"... Rs ...Mas sempre passa e continuamos...

*********

Na nossa terapia temos assuntos sérios, mas muito assuntos mei que ridículos...Que dão até vergonha de expor.
Mas se incomodam, tem que estar lá, no divã.
E falo merrrmo.
Por ex...
Faxina.
Coisa chata, desagradável e cara de pum...MAS QUE TODO MUNDO FAZ.
Tem gente que tem uma situação melhor, mora sozinho, faz menos faxina pq sei lá, não tem 15 cachorros em casa e nem quintal.
Mas genthe...Tem gente que além de trabalhar (como eu e ela) TEM FILHOS...Chega em casa e tem que limpar, lavar roupa, cuidar dos filhos, fazer comida para o dia seguinte, fazer lancheira, ver dever, brincar, e se virar nos 30. E depois ainda acordar LINDA e hidratada.
Então PORQUEÉ que lá na nossa maison as coisas são TÃO complicadas????
A ponto de ir par ao divã, minhanossasenhora!
Pois é.
E daí que falamos disso lá, sugeri que a gente fizesse uma tabela, dividindo as tarefas um pouquinho a cada dia, para não ficar ruim para ninguém nem pesar num dia só.
E fizemos...
De papel mesmo.Tudo planejadinho, numa folha branca, burocraticamente colada atrás da porta do quarto.
(Tristeza, a pessoa já acorda e olha para aquilo)
E TODO DIA TEM O QUE FAZER...
Daí que é acordar (7 hras), ficar no trabalho das 9 ás 19 (!!! É o que tinha na vida), chegar em casa 20 horas (viva, se ninguém me matar no metrô: Hist a ser contada), faxinar até ás 22 e trelélé, tomar banho e dormir meia noite, óbveo...Ou vocês acham o q?
Que vou vestir AQUELE babydoll e ser feliz?
Tem tempo para felicidade não, minha gente...
A casa está um gramour, mas não tenho tempo de sentar para admirá-la...
Lamentável.
Mas estamos tentando... Quem sabe depois que se encaixar na rotina fica mais fácil?
Não tenho contato com outros casais para saber como é esta questão no dia a dia das pessoas deste Brasil, mas olha...Taí algo que adoraria saber.
As pessoas trabalham menos? As pessoas são menos mimadinhas do cú? As pessoas deixam suja ( e aqui não pensem que sou uma neurótica, apesar de minha marida discordar...Limpeza básica)? A casa delas não ficam IMUNDAS e cheias de cabelo/pelo/poeira feito a minha?
(O fato de morarem duas moças não ajuda muito...rs)
Enfim,. aguardo orientações divinas...Grata

***********


E daí que dias desses quase apanhei no trem.
A novidade é que agora pego trem para vir trabalhar.
Não que seja longe, mas é mais fácil de trem.
Mas não importa, pq no metrô é a mesma caralhada coisa...Nêgada quer entrar antes mesmo de a porta abrir, te IMPEDINDO de sair do vagão.
Pq né?Prá que que vou descer na estação certa?Vamos todos juntos de volta para Rio Gde!
Daí estes dias foi o cúmulo.
Te entendo amiga, sou louca do cú também, miabraça!
As pessoas que queriam (QUERIAM) descer, foram JOGADAS para a outra porta.
Eu, inclusive. Se ela tivesse aberta,tinha caído no trilho.
(DRAMA)
Mas foi assim mesmo.
Daí -e é fineza tentar não rir nesta parte- fui "Nadando" até a porta me segurando nos ferros(esqueci o nome)...
Quando cheguei  lá tinha um porco senhor um pouco maior para os lados que-claro- tentou usar de sua força masculina (Raiva de homem babaca assim, certeza que deve ter pinto pequeno) para me impedir a saída...

Impedir a saída. OUTRA VEZ.
Fiquei louca do cú, elementar.
Tb pq, né?
Questão de sobrevivência, já.
Empurrei e saí.
Eis que o porco senhor me empurra com as duas mãos! Muito forte. Bem na hora que eu estava saindo...Quase não tem espaço entre o vagão e a plataforma, neh?Besteira.
E disse: "Vai empurrar outro, eu não!".
Claro, eu escolhi o sr!

Nisso as pessoas já tinham todas entrado, de modo que deu tempo da gente ficar se encarando.
Mil e uma coisas na cabeça.
Pensei em perguntar de tinha mãe, explicar que ele tava ERRADO, que eu não tinha escolha.
Mas não...O que eu falei ????
"Seu filho da PUTA !!!"

(A última palavra com a boca BEM cheia)
Daí ele ficou para mim meio que incrédulo...E o que eu fiz?
Outra vez xinguei-lhe a querida genitora.
Com a boca cheia...
Gente, juro que a porta ainda estava aberta, e que na hora não tive NENHUM medo.
Daí a porta fechou e ele ali, de pé. 
(Medo dele pegar meu pescoço e ir me arrastando até o  Brás...hahaha)
E ainda falei bem baixinho para ele ler:

"Filho da puta!!!"

Pois é, critério e bom senso, não trabalhamos...
Babado, confusão e gritaria, opa! Quer prá viagem?

Mas ó, Maria da Penha tá aí para me salvar...Sou pequenininha e indefesa, e ele é um feio e mau usuário da Cptm...

Mas, brincadeiras de lado (hahahaha...Piada interna) eu preciso parar de fazer estas coisas.
Um dia vou apanhar de verdade.

Ex: Você está vestida de gente (e não de mulher fruta) e vem um cara belo e pimpão no carro e te diz coisas que você não ouviu nem em filme das brasileirinhas (sei de nome só, viu?)...Você pensa: "Bah, homens"...Eu levanto minha mão e meu dedo mais legal...

Pois é..Errado, incoerente, absurdo.
Esta é minha vida, este é meu clube.


***********

Tá fácil para ninguém não.

Besos

***********
É de bom tom me seguir, comentar e ME LISTAR! Por favor! Vivo para vocês.
Mentira...Vivo para faxinar. :(


6 comentários:

Torcedora ;) disse...

Olha, em casa, enquanto uma lava os pratos a outra enxuga e guarda. As duas arrumam a cama juntas. Uma varre a outra tira o lixo. Não deixamos bagunça acumulada. Às vezes, no fim de semana, uma baguncinha ... aí, no domingo saímos ajeitando pra começar a semana com tudo em ordem.Não demoramos muito fazendo compras no supermercado, as duas guardam tudo,enfim ... Manter a casa em ordem nunca foi sofrido. A gente acabou fazendo disso uma diversão. É isso. ;)

disse...

Sofrido é bem o adjetico lá em casa...

Anônimo disse...

Minha dica´eh simples e fácil. Eu não moro junto!! Adoro namorar pra sempre...uma vez aqui, outra acolá...vez em qdo. mais aqui ou lá, mas, nunca, nunquinha morar JUNTO. Sou contra. Seja hetero ou homo. Claro que quem ama, quer ficar junto, dividir as coisas, nhenhenhém, etc...td lindo, romântico, gostosinho, but, o dia a dia eh um SACO....eu sei disso porque já tive experiências. Sei que eh um aprendizado, que a gente amadurece,o amor engrandece, blablabla, BUT, na prática eh um CUZINHO...as pessoas são diferentes, egoistas, neuróticas, chatinhas, uma das duas eh sempre demais ou de menos. Qdo. eu decidir MORAR mesmo c alguém...isso vai ser discutido claramente ANTES de. Mas, o que acho importante eh não levar a ferro e fogo, né? Tem que levar na brincdeira, se divertir e se comunicando sempre.....pra que se aborrecer com coisinhas?Prontofalei.


bjs
Bárbara R.

disse...

Achei os comentários de vcs bem ... divergentes!
Tô tentando me divertir com a situação toda.
Quando não dá para ser divertido, a gente tenta pelo menos ser adulta.
Muito orgulho daquela casinha!
Quanto ao seu comentário, Bárbara! Ri muito!
Acho que é meio tarde para tomar a decisão de não casar.
rs
E ri alto quando você disse que "pretendia discutir isso claramente"...Pq realmente, você pode discutir, mas não adianta de NECAS, já que no fim você só conhece quem está do seu lado quando fecha a portinha do apê novo...
Daí é que a gte vê se o combinado combina...rs
Quanto a levar tudo a ferro e fogo, é um defeito que temos mesmo.Eu principalmente.
E comunicação...Estamos trabalhando nisso!
Achei ótima a sua sinceridade! Sério!
De fato é tudo uma grande ilusão...Pensar que só temos a acrescentar no relacionamento ao casar.
Não..Certas coisas pioram, e tem que ser BEM administradas para não FUDEREM com a relação.
Mas vc só descobre no caminho.
Vejo casais que se dão hiper mal antes de casar e não enxergam que isso não vai prestar, que a convivência só vai piorar tudo...
Aí é diferente, já tem os sinais, não vê quem não quer.
Casamento é uma viagem louca do cú, mas acho que vale muito à pena.
Mas sou louca do cú, pode ser que vc pense diferente...
:)
Beijos...

Torcedora ;) disse...

Ué! Comentários divergentes pq as pessoas reagem de forma diferente diante das coisas! Depois, nossas realidades Sao diferentes!!! A Barbara Nao esta morando com alguém - foi isso que eu entendi! Quando o casamento acontece e vc se vê diante dele, ou melhor, dentro dele ... o "rebolado" é outro! Agora, se cada uma quer viver em seu próprio universo, impor seu próprio jeito, Nao há convivência que resista ! Nunca pensei em morar junto, casar . Aconteceu! E a construção de um dia-a-dia mais leve da um certo trabalho! Vc tem que ceder, dar mais de si! Mas é divertido! ;)

disse...

Mas é claro que as pessoas divergem! Era só uma brincadeira.
Qto ao resto, onde há amor o esforço vem, e daí tudo melhora.
Já tem melhorado!
Para o alto e avante!